©2018  by  Dr. Alexandra Okada 

Para citar:

OKADA, A. e RODRIGUES, E. A. Educação Aberta com Ciência Aberta e Escolarização aberta para a Pesquisa e Inovação Responsáveis. In: Educação Fora da Caixa: tendências internacionais e perspectivas sobre a inovação na educação. (Org.) TEXEIRA, C. S. e SOUZA, M. V. (v. 4). São Paulo: Blucher, 2018. 41-54

RRI - 6. Conclusão

‚Äč

 

O objetivo deste texto foi introduzir o conceito de RRI e iniciar o debate sobre a Educação Aberta com Ciência Aberta e Escolarização Aberta para a Pesquisa e Inovação Responsáveis na formação de educadores e profissionais do futuro.

 

Seis fatos foram destacados:

 

  1. A circulação e co-construção do conhecimento tornaram-se muito mais abrangentes e rápidas com a revolução digital. A ciência aberta ampliou-se muito mais transformando-se num movimento para tornar a pesquisa científica tanto os resultados como processo (dados, metodologias, instrumentos…) mais acessíveis à sociedade. A produção, disseminação e avanço do conhecimento são possíveis com o processo colaborativo entre os parceiros.

  2. A iniciativa de conteúdo aberto tem beneficiado pesquisadores acadêmicos, autores, professores e estudantes, assim aumentando a circulação democrática do conhecimento aberto.

  3. "Ciência com e para a sociedade" é fundamental para abordar os desafios do mundo global.

  4. A “pesquisa e a inovação responsáveis” é uma abordagem que antecipa e avalia possíveis implicações e expectativas societais em relação à pesquisa e inovação.

  5. O modelo de habilidades-chave de investigação para Pesquisa e Inovação Responsáveis visa preparar estudantes para cidadania responsável e carreira profissional para futuro sustentável.

  6. Os educadores e formadores de educadores ocupam papel central na formação dos estudantes, cidadãos e profissionais de modo global para que todos possam se envolver, participar e contribuir efetivamente com a RRI. 

 

Para continuar o debate finalizamos com três questões:

 

  1. Quais as metodologias, os princípios e os artefatos existentes que possam ser usados para auxiliar os professores na formação dos estudantes com Ciência Aberta e Escolarização Aberta para a RRI?

  2. Como ampliar o interesse dos jovens para identificar as necessidades prioritárias da sociedade, compreender os avanços científicos e interagir com visão, pensamento e ação sócio ético científicas?

  3. Como as parcerias podem ser estabelecidas entre a comunidade de educação, a comunidade de pesquisa, a indústria empresarial, a sociedade e organização civil e os criadores e gestores de políticas?

 

 

Agradecimentos

 

Este texto é o início do próximo projeto sobre escolarização aberta com instituições europeias e brasileiras. Participe deste processo com suas ideias . Agradecemos todos os participantes da Rede CoLearn, os revisores deste artigo e os organizadores dessa obra.